Friday, June 5, 2009

pretty sadistic bill

Bill: Do you find me sadistic? You know, Kiddo, I'd like to believe that you're aware enough even now to know that there's nothing sadistic in my actions. At this moment, this is me at my most masochistic.





Kung Fu and Kill Bill star David Carradine, who was found dead in a Bangkok hotel room yesterday, might have died from a botched attempt at auto-erotic asphyxiation, Thai police said today.

“There was a rope tied around his neck and another rope tied to his genitals, and the two ropes were tied together and they hung in the closet,” Lieutenant General Worapong Siewpreecha told reporters.


do kung fu ao kill bill, o david carradine tinha o je ne sais quoi que me conquistou em miúda.

nunca soube explicar mas acho que estava na confusão que me fazia e na dúvida que sempre me assombrou do é bom-ou-é-mau? achava-me uma mestre a rotular os bons e os maus da ficção, e o caradine e o steven seagal confundiam a mente da miúda cinéfila que oscilava entre o dirty dancing, o jesus cristo superstar e o kung fu ou um qualquer de sábado à tarde em que a justiça e a moral estivessem na ponta do pezinho do steven seagal a abrir o queixo de um qualquer. ( ok, já escrevi um post em que aparece o steven segal. ) gostava de não entender à primeira que estes gajos com ar de sacanas e gozões eram dos bons, mercenários mas dos bons. a dúvida e a revelação andam de mão dada quase sempre e conquistam assim as criancinhas, algumas.

de expressão marcante acompanhou-me em pequena, com a devida admiração foi posto ao lado do resto dos heróis que me faziam almoçar rápido. chamem-me a mais-nova-groupie-de-sempre a ver se me ralo. heróis são heróis. se tiverem piada, forem giros ou trapalhões, ou um pozinho de sacanas a salvar o dia, melhor. do mcgyver ao lucky luke /terrence hill ( este a despertar a mais pueril das paixões platónicas), o carradine estava lá na vertente do bad-ass com classe, sorriso matreiro e falas sábias. mesmo que hoje o ache assim um bocadinho sádico.



Kwai Chang Caine: [quoting] "Change is not only desirable, it is necessary."
Peter Caine: Confucius?
Kwai Chang Caine: Frank Zappa.

4 comments:

Tempus_Fugit said...

Raios partam as histórias que nos recalcam o bem e o mal tão precocemente... Ficamos imediatamente obrigados a ser capazes de os distinguir, e na verdade nada se passa assim.

Ainda que à custa do Bruce Lee ter sido excluido do papel que tinha sido escrito para ele (enfim, era chinês e não parecia bem), o Caradine estava muito bem mesmo...

Jack Pidwell said...

zappanóide!

Abssinto said...

Epá que morte pouco heróica!...

ad said...

fã do Carradine não sei se sou mas do Bill sem dúvida.

heh, sadistic indeed