Tuesday, December 29, 2009

unmade beds

as polaroids são ele, a parede dele e dois mil e nove.
e amor. muito amor.


parece que há filmes que tocam mesmo antes de serem vistos, aos dois minutos e pouco de trailer apenas. expectativa alta? banda sonora da boa? recordações demasiado fortes para tantos dias? clichés que encaixam e se colam em fila na parede laranja? rasgos de memória instantânea que me contagiaste? não sei, mas tenho de o ver. as polaroids podem ser para sempre, essas. e eu tenho uma que só vê o mundo em sépia.

i've got the best unmade-bed-polaroid ever.

5 comments:

Z. said...

Conheço esse idílico cenário que retratas com tanta paixão, o mundo a sépia apaga as mágoas que nele brotam a cada dia que passa. O nosso mundo é a cores, o meu e o teu. Amo-te de coração vermelho a pingar de paixão.

Susana Miguel said...

pensei em dizer qualquer coisinha, mas seria isso mesmo: uma coisinha qualquer. assim, preferi deixar um sorriso a servir de marquinha, que é como que diz: gostei muito de aqui estar:)

I. said...

Sounds promesing.
Há mesmo filmes que tocam antes mesmo de serem vistos...

Tempus_Fugit said...

Assim como há trailers que estragam filmes, e outros que nos poupam algumas horas de sofrimento...

Isto tem muito bom aspecto mesmo.

aframboesa said...

eu quero ver. muito.